Pesquisar neste blogue

Tradutor

quinta-feira, agosto 22, 2019

Montreal, conferencia sobre Aristides de Sousa Mendes, 13-Agosto-2019

O  Museu do Holocausto de Montreal e ao Consulado de Portugal em Montreal para um evento especial sobre a história do Justo Entre as Nações, Aristides de Sousa Mendes.
(Evento em Português, Francês e Inglês)

Conferência da professora Maria Raquel Andrade
Testemunho de um dos netos de Aristides de Sousa Mendes
Exibição do documentário “O Consul Injustiçado” Justo entre as nações

Sousa MendesAristides de Sousa Mendes foi  cônsul português em Bordéus, França. Em junho de 1940, ele deparou-se com a realidade de milhares de refugiados em frente ao consulado português tentando escapar dos nazis. Essas pessoas precisavam desesperadamente de vistos para sair da França. Um visto Português permitiria a passagem segura através da Espanha para Lisboa, onde eles poderiam viajar para outras partes do mundo.

O governo de Portugal tinha emitido a  “Circular 14 ″ que obrigava todos os seus diplomatas a negar vistos a diversas classes de refugiados, incluindo judeus. Aristides de Sousa Mendes optou por desobdecer a estas ordens inconsistentes com a Constituição de Portugal  e seguir a sua consciência. No total, Sousa Mendes emitiu cerca de 30.000 vistos, incluindo cerca de 10.000 para judeus, ao longo de alguns dias.

Pelo seu ato de desobdiencia, Sousa Mendes foi severamente punido pelo ditador português, Antonio de Oliveira Salazar, destituído de sua posição diplomática e proibido de exercer a profissão de advogado. (Fundação Sousa Mendes)

Para reservar bilhetes, favor ver  https://museeholocauste.ca/en/news-and-events/righteous-among-the-nations-aristides-de-sousa-mendes/

terça-feira, agosto 06, 2019

Alterações Climáticas nas entrelinhas apontam para futuros refugiados

O título do artigo é sobre políticos, mas a história verdadeira subjacente é sobre o impacto desastroso das Alterações Climáticas. Nem é necessário ler nas entrelinhas ...

"Desde os anos 1960, o Lago Chade, do qual dependem agricultores e pescadores, encolheu para metade ... A vida é muito mais difícil agora. Fora da capital, muitas pessoas estão com grandes dificuldades e há um sério descontentamento ..."
Vejam a imagem brilhante do Lago Chade tirada do espaço pelos astronautas do Apollo 7 em 1968. 

Infelizmente, vai piorar... para todos 
The title of the article in the Economist is about politicians, but the real story is about the disastrous impact of Climate Change.  You don't even need to read between the lines...
"Since the 1960s Lake Chad, on which farmers and fisherfolk depend, has shrunk by half...Life is much harder now. Outside the capital, lots of people are struggling and there is serious discontent..." 
Sadly, it will get worse and the locals will become refugees. 

quinta-feira, julho 25, 2019

GRANDE história de Aristides agora num pequeno Podcast

Here is the BIG story of Aristides de Sousa Mendes in a short Podcast.
The Portuguese diplomat   made a BIG difference for the DESCENDANTS of the families he saved by giving them forbidden Visas to enter Portugal in 1940, just a step ahead of the Nazi bombers...

Eis a GRANDE historia de Aristides num pequeno Podcast!
Listen to Short Stuff: Aristides de Sousa Mendes from Stuff You Should Know in Podcasts.
https://podcasts.apple.com/us/podcast/stuff-you-should-know/id278981407?i=1000445201278

sábado, julho 20, 2019

SMF Journey 2019 agradece a Cabanas de Viriato

Cabans de Viriato, 4-July-2019
A Sousa Mendes Foundation - US agradece à Escola Sousa Mendes de Cabanas de Viriato, Carregal do Sal , às professoras organizadoras do projeto DEVER de MEMÓRIA e especialmente aos alunos que "tiraram férias das férias" para estar com o grupo de descendentes de refugiados e educadores da SMF Journey on the Road to Freedom 2019.
Não consegui estar presente na escola, mas posso reencaminhar alguns comentários muito positivos ouvidos depois:
"-the Sousa Mendes School kids really knocked my socks off".... uma expressão idiomática americana que dá gosto ouvir!
Eis um corredor cheio de vida!
Muitos parabéns e muito obrigada !

domingo, julho 14, 2019

Sousa Mendes Foundation - grupo participou na Gala Aristides e Angelina, 6-Julho-2019

A Sousa Mendes Foundation-US realizou mais uma viagem pelo Caminho da Liberdade, Journey on the Road to Freedom 2019, partindo de Bordéus, França a 29-Julho, passando por Vilar Formoso,  por Cabanas de Viriato, a terra natal de Aristides, até Lisboa a 7-8 Julho.
Em França, tivemos o apoio local da Comité d'Hommage a Aristides de Sousa Mendes, que muito agradecemos.
Em Portugal, visitamos diversos locais que foram "residências fixas" em 1940, depois de visitar o memorial Vilar Formoso, Fronteira da Paz, incluindo visitas ao Porto, Figueira da Foz, Coimbra e Lisboa,
Em Cabanas de Viriato, a visita habitualmente inclui uma cerimónia no cemitério e fotos de grupo na Casa do Passal, e uma visita de cortesia à Câmara Municipal de Carregal do Sal.
Este ano de 2019,  a visita a Cabanas de Viriato foi alargar para podermos participar no Jantar de Gala Aristides e Angelina a 6-Julho-2019, promovido pela Junta de Freguesia de Cabanas de Viriato, pela FASM  Fundação Aristides de Sousa Mendes e pelo o Projeto UNESCO  “Dever de Memória” do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, no Salão da centenária Sociedade . Filarmónica de Cabanas de Viriato.

Henri Dyner, que recebeu o visto de Aristides de Sousa Mendes quando tinha "3 anos e 2 meses" falou, em português,  em nome das quatro famílias de refugiados que integravam o grupo da SMF Journey on the Road to Freedom 2019 para cumprimentar todos os presentes, muito especialmente os membros da família Sousa Mendes que também quiseram estar presentes neste importante evento, como se pode ver na foto acima.

Emocionado, Henri Dyner recordou que a sua família ele e os outros familiares presentes "não estariam aqui" se não fosse pelo Ato de Consciência de Aristides de Sousa Mendes.  Falando em nome de todo o grupo da Sousa Mendes Foundation, deu os parabéns aos organizadores pelo convívio animado  das mesas mistas da Gala, e agradeceu especialmente à Câmara Municipal de Carregal do Sal todo o seu esforço em prol da requalificação da Casa do Passal e da criação de um museu Aristides de Sousa Mendes em Cabanas de Viriato, um tema que os visitantes consideram de grande importância.

A  Nuno Seabra, presidente da Junta de Freguesia de Cabanas de Viriato e a toda a equipa organizadora, muito obrigada pela amável recepção e por incluir o nosso bando de viajantes nesta celebração local.

Mariana Abrantes  
Sousa Mendes Foundation - US, Representante em Portugal 

sábado, março 30, 2019

Cumprir o Dever de Memória na Escola Sousa Mendes, Cabanas de Viriato

Aristides de Sousa Mendes faleceu a 3 de abril de 1954, faz agora 65 anos, em que a sua memória foi quase apagada mas depois reabilitada, começando com o reconhecimento como “Justo entre as Nações” em 1966. Para marcar esta data, o Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal criou um Memorial no interior da Escola Básica Aristides de Sousa Mendes, na sua terra natal de Cabanas de Viriato, da qual é Patrono. Essa composição artística, em forma de Tributo, é composta pelo livro em BD “Aristides de Sousa Mendes – Herói do Holocausto”, do Mestre José Ruy, que reflete o reconhecimento do seu ato humanitário no contexto dos acontecimentos da II Guerra Mundial e do Holocausto, em defesa dos Direitos Humanos. Este Memorial contará com as pranchas do artista José Ruy, disponibilizadas ao Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, através da equipa do Projeto UNESCO. Mais uma forma de cumprir O Dever de Memória!

https://amigosdesousamendes.blogspot.com/2018/06/jose-ruy-demonstra-como-foi-feito-o.html

domingo, março 10, 2019

Receber e integrar refugiados pela educação

Nem toda a gente compreende a importancia dos programas educativos para refugiados recém-chegados, traumatizados. Será que isso é relevante para os amigos de Sousa Mendes ?

Como receber e integrar migrantes e refugiados pela educação http://wwhttp://www.cidadevirtual.pt/cpr/integra/guia_bp_edu_2.html


Vamos então falar de porquê devemos receber e integrar os refugiados pela educação?   
Os refugiados fogem da guerra e da perseguição.  Necessitam de ser "resgatados", salvos e ajudados nessa fuga a caminho da liberdade.  Foi essa a grande ação altruista que se celebra neste grupo dedicado a Aristides de Sousa Mendes. 

Mas o salvamento não basta, pois os refugiados não precisam apenas de "fugir", precisam de voltar a simplesmente "viver". Os refugiados necessitam de apoios para reconstruir as suas vidas, até as suas famílias, nos países de acolhimento; para não ficarem em campos de deslocados nem em  "ghettos" dourados como  as "residências fixas" no Portugal de 1940. 

Os refugiados e os migrantes necessitam integrar-se nas sociedades de acolhimento, para que não continuem a sofrer por serem diferentes.  Essa integração faz-se muito pela educação, pelo emprego, aprendendo novos idiomas ou novas profissões se necessário.     

Felizmente o governo português de hoje sabe receber e integrar os recém-chegados melhor do que antes. 


Let us then talk about why we should receive and integrate refugees through education?
Refugees flee war and persecution. They need to be "rescued," saved and helped in this flight on the road to freedom. That was the great altruistic action that is being celebrated in this blog dedicated to Aristides de Sousa Mendes.

But the rescue is not enough, because refugees need not just to "escape", they need to simply "live." Refugees need support to rebuild their lives, even their families, in the host countries, so that they do not remain suspended in refugee camps and the gilded ghettos of the "fixed residences" of Portugal in 1940.

Refugees and migrants need to integrate into their host societies so that they do not continue to suffer because they are different. That integration comes with education, employment, learning new languages ​​or new professions if necessary.
Fortunately the Portuguese government of today knows how to receive and integrate newcomers better than before.