sábado, outubro 24, 2020

Memorial Vilar Formoso Fronteira da Paz premiado pela Rede Europeia de Turismo Cultural


O memorial Vilar Formoso Fronteira da Paz obteve o segundo prémio na categoria “Produtos Turísticos Temáticos Transnacionais” dos Prémios da Rede Europeia de Turismo Cultural, que têm como objetivo legitimar «a qualidade dos melhores projetos culturais do continente europeu», fornecendo-lhes assim uma maior visibilidade e partilha de conhecimentos.

A Câmara Municipal de Almeida e os criadores do pequeno museu estão de parabéns por este reconhecimento bem merecido que conta também a história dos refugiados de 1940 e do Cônsul Aristides de Sousa Mendes, para quem Vilar Formoso foi verdadeiramente a Fronteira da Paz 

O Museu do Côa, que fica apenas 80km a norte, em Vila Nova de Foz Côa, conquistou o terceiro prémio por Inovação no Turismo Cultural.  

Os dois museus singelos merecem bem uma visita, com um bom almoço em Almeida pelo meio!


Nunca Esquecer - Conferência em Memória do Holocausto, Tribunal da Relação Coimbra, 29-Out-20

Evento: Conferência em Memória do Holocausto e de Aristides de Sousa Mendes

Data: 29 outubro 2020, 15h00 

Organização: Tribunal da Relação de Coimbra 

Programa: Os 75 anos do Julgamento de Nuremberga - Aristides de Sousa Mendes 

Transmissão em direto: Canal 1 da Justiça TV  https://www.justicatv.com/2018/directo.php?id=1197 

e no site do Tribunal de Relação de Coimbra https://trc.pt/

Oradores: 

Luis de Azevedo Mendes, Presidente do Tribunal da Relação de Coimbra 

Marta Santos Pais, Comissária do Projetco Nunca Esquecer, Programa Nacional em torno da Memória do Holocausto  

Claudia Ninhos, Douturada em História, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade NOVA de Lisboa 

António Moncada de Sousa Mendes, Neto de Aristides de Sousa Mendes 

Esther Mucznik, Jornalista e escritora 


quinta-feira, outubro 22, 2020

Escolas privadas deram grande apoio para a vida de muitos alunos carenciados

 O que é que Julius Rosenwald das lojas Sears, Booker T. Washington e o Conde de Ferreira tiveram em comum ? 

Construíram escolas para crianças carenciadas em zonas rurais, grandes histórias de INCLUSÃO e IMPACTO!

+5000 escolas Rosenwald para crianças Afro-americanas nos sul dos Estados Unidos na primeira parte do século XX 

+120 Escolas Conde de Ferreira em municipios mais rurais de Portugal   Escolas de Instrução Primária 
incluindo uma escola em Carregal do Sal.  A escola Conde Ferreira, onde funcionou a primeira escola primária do Concelho de Carregal do Sal e depois a Cantina Escolar, foi transformada no Núcleo Museológico das escolas locais, tendo uma exposição histórica permanente e recebendo exposições temporárias como o conjunto de recentes obras de arte relacionadas com as comemorações de Aristides de Sousa Mendes 1940-2020. 

This SUNDAY, OCTOBER 25, 2020,  4-5 PM US EASTERN TIME

Sousa Mendes Foundation invites you to Meet Mr Rosenwald and learn how a school can change a child's life, even in time of segregation in the South of the US Aviva Kempner's film Rosenwald tells the inspiring true story of Julius Rosenwald, the President of Sears, who was a Jewish hero of African-American history. Rosenwald, imbued with the value of tikkun olam, saw parallels between the brutal persecutions of Jews in Eastern Europe and African-Americans in the Jim Crow South, and he could not stand idly by. Meet the celebrated filmmaker Aviva Kempner who will be in dialogue with Rosenwald's granddaughter Elizabeth R. Varet and writer Carole Boston Weatherford, author of the children's book Dear Mr. Rosenwald. Tickets are by donation ($18 suggested).

Sign up today

 http://sousamendesfoundation.org/event/virtual-film-and-discussion-rosenwald/#more-18776

segunda-feira, outubro 12, 2020

Nova Casa Chabad em Cascais presta homenagem com jardim Aristides de Sousa Mendes e Rabbi Chaim Kruger

A Associação Chabad Portugal vai inaugurar o novo Centro de Estudos Judaicos na Costa da Guia, em Cascais 

Este Centro de Estudos Judaicos, denominado Avner Cohen Casa Chabad, é um projeto dedicado à história e aos estudos judaicos, incluindo uma biblioteca de livros escritos por rabinos portugueses em Portugal e na diaspora, composto por uma biblioteca, salas de aulas e espaços para reunião e oração. 

Foi criado também um jardim exterior que é dedicado aos nossos heróis de 1940 Aristides de Sousa Mendes e Rabbi Chaim Kruger. 
 
A rua que serve a nova Casa Chabad vai ser redenominada ‘Rua Aristides de Sousa Mendes’ por decisão da Câmara Municipal de Cascais.  

Muitos parabéns e boa sorte!  Mazel  Tov! 


Representantes do MNE e da família Sousa Mendes junto à nova placa toponímica
 




domingo, outubro 11, 2020

Expo Bordeaux: 1940:L'exil pour la vie, Exilados para sempre

Exposition Bordeaux 1940. L'exil pour la vie 

Archives Départmentales de la Gironde et Comité Aristides de Sousa Mendes 
 Du 12/10/2020 au 30/12/2020 .

 En mai-juin 1940, l’offensive de l’armée allemande au nord-est de la France jette sur les chemins de l’exode des millions de réfugiés, de tous les pays. Nombre d’entre eux parviennent jusqu’en Gironde dans l’espoir d’échapper aux combats et pour trouver un débouché vers une terre d’asile ; le gouvernement français ne tarde pas à arriver à Bordeaux. "

À l’occasion du 80e anniversaire de ces événements, les Archives départementales de la Gironde accueillent l'exposition "1940. L’exil pour la vie", conçue par le Comité Aristides de Sousa Mendes, sous le commissariat scientifique de Marie-Christine Volovitch-Tavarès, Claudia Ninhos et Victor Pereira. La conception graphique et la scénographie ont été assurée par l'agence Rébus. 

Cette exposition d’archives, de documents iconographiques et audiovisuels, français et portugais restitue avec force le contexte et l’action du consul du Portugal à Bordeaux, Aristides de Sousa Mendes, qui signa en son nom des milliers de visas, désobéissant ainsi aux ordres de son gouvernement. 

Rendez-vous du 12 octobre au 30 décembre 2020, au lundi au vendredi de 9h00 à 17h00 
Groupe de 10 visiteurs maximum, ort du masque obligatoire
 

Exposição 1940. Exílio para sempre
De 12/10/2020 a 30/12/2020    
Em maio-junho de 1940, a ofensiva do exército alemão no nordeste da França lançou ao êxodo milhões de refugiados de todo o mundo. Muitos deles chegam à Gironda na esperança de escapar da luta e encontrar uma saída para uma terra de asilo; o governo francês não demora muito para chegar a Bordeaux.
Por ocasião do 80º aniversário destes eventos, o Arquivo Departamental da Gironda acolhe a exposição 1940. Exílio para a Vida, desenhado pela Comissão Aristides de Sousa Mendes, sob a curadoria científica de Marie-Christine Volovitch-Tavarès , Claudia Ninhos e Victor Pereira. 
O projeto gráfico e cenografia foram fornecidos pela agência Rébus.

Esta exposição de arquivos, documentos iconográficos e audiovisuais, franceses e portugueses recria de forma poderosa o contexto e a acção do cônsul português em Bordéus, Aristides de Sousa Mendes, que assinou milhares de vistos em seu nome, desobedecendo assim a ordens. de seu governo.

Aberta de 12-outubro  a 30 -dezembro -2020, de  segunda a sexta, das 9h00 às 17h00
Grupo de 10 visitantes no máximo, uso de máscara obrigatório