Pesquisar neste blogue

A carregar...

Tradutor

sexta-feira, maio 11, 2012

Lançamento de livro em Fátima, 18-Maio-12


 LIGA DOS AMIGOS DO MUSEU DE ARTE SACRA E ETNOLOGIA APRESENTA LIVRO SOBRE O CÔNSUL ARISTIDES DE SOUSA MENDES
No âmbito das celebrações do Dia Internacional dos Museus a decorrer no próximo dia 18 de maio, vai a Liga dos Amigos do Museu de Arte Sacra e Etnologia (LA-MASE) levar a efeito a apresentação de livro infanto-juvenil “Aristides, o semeador de estrelas”. A iniciativa conta com a presença da autora, Ana Cristina Luz e dos netos de Aristides de Sousa Mendes, o antigo Cônsul de Portugal em Bordéus que, em 1940, concedeu cerca de 30 mil vistos de entrada em Portugal, salvando desse modo dezenas de milhares de vidas durante a Segunda Guerra Mundial.
Aristides de Sousa Mendes foi uma figura notável da nossa história, uma daquelas pessoas que nos faz sentir honrados por partilharmos a mesma nacionalidade. A sua vida pautou-se por um altruísmo sem precedentes que se traduziu na salvação de vidas humanas em número não definido, mas que, segundo as estimativas, ultrapassará as trinta mil almas.
Colocado em Bordéus, Aristides de Sousa Mendes ouviu a voz do seu coração, a sua consciência e em Junho de 1940 passou mais de 30.000 vistos, contrariando a Circular 14 emitida regime de Salazar e que proibia a passagem desses documentos a “indesejáveis”.
Como é do conhecimento geral, este gesto, fruto de desobediência a ordens superiores desumanas, ditou a sua desgraça e a da sua família. Morreu sozinho, na mais profunda miséria e com a família espalhada pelos quatro cantos do mundo por uma questão de sobrevivência.
Como se o castigo dado pelo regime fascista não fosse suficiente, o seu nome foi votado ao mais ignóbil esquecimento durante décadas.
Com o 25 de Abril de 1974 e, mesmo assim, só passados catorze anos, o seu nome foi reabilitado oficialmente.
Por entender que tudo é pouco para honrar este nome, decidi contar às nossas crianças a história de Aristides de Sousa Mendes, com a colaboração de Dr. António de Moncada Sousa Mendes, seu neto, que gentilmente, acedeu ilustrar o meu pequeno texto.
O livro “Aristides, o semeador de estrelas” conta aos mais novos a vida de Aristides de Sousa Mendes.

Sem comentários: