Pesquisar neste blogue

Tradutor

segunda-feira, novembro 20, 2017

Conferência - Refugiados na Europa, Uni Coimbra, 29-Nov, 14h

Em 2016 cerca de 364 000 refugiados atravessaram as fronteiras europeias via Grécia e Itália. Na maior parte dirigiam-se à Alemanha ou à Áustria, no sentido de obter proteção, de incrementar as suas oportunidades económicas e também com vista a encontrarem uma vida melhor para si e para as suas famílias. A União Europeia e os seus estados-membros localizados ao centro e no sul foram forçados a reagir com celeridade e a desenvolver as infraestruturas necessárias. De facto, os refugiados menores de idade, quando desacompanhados, são os que requerem um apoio especial em termos de educação, no que se refere aos procedimentos burocráticos ou até quanto ao planeamento das suas atividades de lazer.
Vimos por este meio convidá-lo /la a estar presente nesta conferência,

  The Refugee Crisis in Europe
Confusion – Trauma – Culture Clash
 4ª- feira, 29. 11. 2017, 14:00h
Anfiteatro III, Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra   

A apresentação irá refletir sobre a recente crise com refugiados menores não acompanhados, na perspetiva dum professor de língua alemã. Terá em consideração diversos aspetos, como por exemplo os procedimentos habituais e obstáculos que os refugiados e as culturas recetoras têm de enfrentar, as condições sociais e os estados psicológicos dos jovens, bem como aspetos pedagógicos específicos. Convidamo-lo/a a participar no debate subsequente.
Em anexo enviamos o panfleto em inglês relativo a esta iniciativa e o anúncio (também para reencaminhar se deseja).
Com os melhores cumprimentos,​ Stephan M. Schweighofer  
   >>>>><<<<<
 2016, around 364.000 refugees crossed Europe’s borders via Greece and Italy. Most of them were heading to Germany or Austria in order to seek protection, increase their economic chances and allow for a better life for themselves and their families. The European Union and its central and southern member states were forced to quickly react and build sufficient infrastructure. Indeed, it is the unaccompanied minor refugees that require special support in terms of education, bureaucratic procedures or even planning their leisure time.  You are warmly invited to attend the upcoming talk.

The presentation will reflect on the recent refugee crisis from the perspective of a language teacher working with unaccompanied minor refugees. It will consider several aspects such as general procedures and obstacles the refugees and the receiving cultures have to face, sociological and psychological conditions as well as specific pedagogical aspects. You are also invited to engage in a discussion on the topic afterwards.
Best regards, Stephan M. Schweighofer

Sem comentários: