Pesquisar neste blogue

A carregar...

Tradutor

quarta-feira, junho 13, 2007

Le Juste de Bordeaux

Aristides de Sousa Mendes continua a ser reconhecido como o Justo de Bordéus, que associa cada vez mais a sua memória à cidade francesa onde têve o seu último cargo diplomático.
Segundo o projecto Visas for Life e os investigadores de YAD VASHEM, Sousa Mendes foi um dos diplomatas que mais pessoas salvou durante a Segunda Guerra Mundial.
O projecto Visas for life anunciou que o YAD VASHEM reconheceu como Justo entre as Nações o Padre Gennaro Verolino (mais tarde Monsenhor e Cardeal), diplomato do Vaticano em Budapeste, Hungria, em 1944-1945.

Sem comentários: