Pesquisar neste blogue

A carregar...

Tradutor

sexta-feira, agosto 03, 2012

Governo avaliou trabalho das fundações

Foi publicado o relatório de avaliação das fundações,   em função de critérios de sustentabilidade, relevância e eficácia,  e detalhou os apoios financeiros públicos concedidos.

Concluído o processo de análise de informação e de avaliação das fundações destinatárias do censo, procede-se, nos termos do n.º 1 do artigo 5.º da Lei 1//2012 de 3 de Janeiro, à divulgação no Portal do Governo do respectivo Relatório Global de avaliação e das fichas individuais correspondentes a cada fundação avaliada.
As decisões finais sobre cada fundação serão tomadas pelo Governo no prazo máximo de 30 dias após a publicação da presente avaliação.
 "Há ainda 37 fundações que não entregaram  dados ao Governo  – ficam todas em risco de fechar. 
Todas não, quase todas. 


A Fundação Aristides de Sousa Mendes é uma excepção aceite pelo Governo, por razões particulares. É que uma zanga entre irmãos deixou a fundação sem administração eleita e sem contas em dia durante um ano. A mediação de personalidades como António Barreto, Mário Soares ou Artur Santos Silva permitiu recompor a situação e pedir mais umas semanas para o Governo a reavaliar. No Executivo aceitou-se, tendo em conta o prestígio da instituição, que salvaguarda o património do português que, em plena Segunda Grande Guerra, salvou milhares de judeus"


Ver artigo completo em http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=56023
Fonte: http://www.portugal.gov.pt/pt/os-ministerios/ministerio-das-financas/mantenha-se-atualizado/20120802-relatorio-fundacoes.aspx

Comentário:

1. O anterior Presidente do Conselho de Administração da Fundação Aristides de Sousa Mendes, que  esteve em funções desde a desde a sua criação, manteve sempre o controlo directo da contabilidade  da Fundação e da subsidiária Quinta do Passal, SA.

2. Os anteriores órgãos sociais recusaram-se a colaborar e a fazer passagem de testemunho ao novo Presidente do Conselho Geral da Fundação, eleito pelos descendentes de Aristides de Sousa Mendes em 2008, e confirmado em 2009.

3. Considerando a importância da missão  da Fundação Aristides de Sousa Mendes, aguarda-se com todo o interesse a divulgação da avaliação do seu trabalho, de acordo com os critérios de sustentabilidade, relevância e eficácia. 

Mariana Abrantes   
Luisa Pacheco Marques 

1 comentário: