Pesquisar neste blogue

A carregar...

Tradutor

terça-feira, junho 22, 2010

Mais amigos de Sousa Mendes no Facebook

CARREGAL DO SAL - Grupo do Facebook na origem da petição
11 mil querem salvar casa de AristidesUma advogada estagiária de Viseu, Regina Azevedo Pinto, resolveu criar, há pouco mais de 15 dias, um grupo na rede social Facebook ao qual chamou “Salvar a casa de Aristides de Sousa Mendes”. Em alguns dias apenas, Regina conseguiu um número de aderentes e apoiantes que quase se aproxima dos 11 mil. Trata-se de mais uma das muitas iniciativas que pretende a reconstrução da casa de Cabanas de Viriato (Carregal do Sal) do antigo cônsul de Portugal em Bordéus, Aristides de Sousa Mendes, que, com os vistos passados, conseguiu salvar do holocausto nazi cerca de 30 mil judeus.
No passado sábado, dia 19 de Junho, passaram exactamente 70 anos desde que Sousa Mendes começou a emitir vistos de passagem para Espanha e Portugal de milhares de judeus que fugiam aos nazis. Para comemorar a efeméride, Regina Azevedo Pinto fez a entrega simbólica da lista de nomes do Facebook ao presidente da Fundação Aristides de Sousa Mendes, o seu neto Álvaro de Sousa Mendes. A acompanhar a lista de nomes, Regina Azevedo Pinto deixou também uma petição, que Álvaro de Sousa Mendes entregará ao presidente da Assembleia da República, para que a velha casa em ruínas seja rapidamente restaurada e apoiada a sua transformação em “Escola de Cidadania”. Para o efeito são necessários cerca de dois milhões de euros, “0,08 por cento da verba total que o Governo está a gastar actualmente com a recuperação de escolas do ensino secundário em Portugal”, disse Regina.
Em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, o neto de Aristides de Sousa Mendes e presidente da fundação com o seu nome disse que “as entidades envolvidas se têm que esforçar e que é necessário um pontapé de saída como o desta petição para que a casa seja transformada numa escola de paz”.
Ver artigos sobre outros grupos de amigos de Sousa Mendes no Facebook: http://amigosdesousamendes.blogspot.com/2010/03/grupo-aristides-de-sousa-mendes-no.html e

2 comentários: